POR CELSO LEANDRO PALMA

DIRETOR DO GRUPO MAIS

Muitas agências ou empresários já notaram que os custos do Facebook aumentaram consideravelmente nos últimos 2 anos, mas quase ninguém consegue compreender o motivo disso.

Hoje vou explicar como funcionam os anúncios no Facebook e por que está ficando cada vez mais caro fazer o investimento em anúncios no Facebook para conseguir atrair ou falar com seus clientes.

Para falar sobre esta bolha do Facebook, obrigatoriamente eu tenho que falar sobre a mesma bolha que atingiu o Google há 3 anos atrás e que foi pouco comentada em nosso meio (cujos reflexos existiram e permanecem até hoje).

 

A bolha de anunciantes do Google

Quando o Google era o único meio que as empresas tinham para expor a sua marca de maneira simples, eficaz e simultaneamente as agências conseguiam obter um grande resultado para seus clientes, houve uma espécie de bolha de marketing, pois todos (todos mesmo!) estavam com algum tipo de publicidade sendo exibida na barra lateral do buscador mais famoso do mundo.

Quando o espaço começou a acabar, o Google passou a liberar os espaços da segunda página e assim por diante, para dar oportunidade para todos anunciarem. Porém, para que você aparecesse na primeira página com determinadas palavras-chave, o valor ultrapassava a casa dos R$ 30,00 por clique, o que no ano anterior atingia a casa de no máximo R$ 10,00 por clique.

Isto significa que todos os anunciantes começaram a gastar mais para se manter com bons resultados e os pequenos acabaram perdendo espaço pois não comportavam o valor do investimento e não compensava o ROI (Return On Investment, ou no bom português, Retorno Sobre o Investimento).

Depois disso o Google precisou abrir novos canais de anúncios, os chamados Inventários (Inventories), que nada mais são do que espaços disponíveis para publicidade.

Com isto, o Google fortaleceu a rede de display, oferecendo maiores ganhos para os parceiros do Google Adsense (Programa de filiados do Google, o qual você pode exibir anúncios do Google em seu site ou blog). Também aumentou a visibilidade dos anúncios em vídeo através do Youtube para conseguir dar vazão na demanda, ou seja, com essa manobra o Google conseguiu equilibrar e segmentar claramente cada um de seus anunciantes e deu muito mais opções do que simplesmente aparecer no buscador - o que não deixa de ser relevante, pois ainda gera um gigantesco ganho e continua sendo a principal receita do Google.

 

A bolha de anunciantes do Facebook

Agora vamos falar um pouco sobre a bolha de anunciantes que está acontecendo no Facebook e que em breve poderá estourar em você.

Hoje o Facebook tem uma grande concentração dos anunciantes basicamente em 3 locais, sendo eles distribuídos na seguinte escala:

1 – Feed de Notícias

2 – Mobile

3 – Barra Lateral

No Feed de Notícias, os anúncios aparecem no meio das postagens de seus amigos e também das páginas que você já segue.

O Mobile também faz parte do Feed de Notícias, porém as propagandas são exibidas apenas nos dispositivos móveis.

Já o Anúncio na Barra Lateral é exibido exclusivamente no Desktop, porque é o único lugar que exibe a barra lateral.

O anunciante tem então 3 caminhos a seguir, mas com certeza os principais caminhos que eles e também as agências costumam seguir são o Feed de Notícias e o Mobile.

Quando acontece isso o Facebook tem que distribuir o anúncio criado para seus usuários, mas ao mesmo tempo deve manter o bom relacionamento com eles, trazendo o máximo de conteúdo relevante e o mínimo de publicidade possível, para que a experiência do usuário mantenha-se acima de qualquer anúncio. Desta forma o Facebook não fica cansativo para o usuário e gera mais resultados para o anunciante.

Se você anuncia há algum tempo no Facebook (nos últimos 2 anos pelo menos), deve ter notado que foram criadas mais ferramentas e possibilidades para a criação dos anúncios.

Mesmo assim o Facebook não conseguiu cumprir o objetivo de diversificar os anúncios, pois os patrocinadores preferiram pagar um pouco mais e manter o mesmo tipo de anúncio, até porque não havia muitas opções disponíveis que saíssem das 3 já mencionadas acima. Portanto, o Facebook liberou mais algumas formas para se anunciar.

Além dos tradicionais Feed de NotíciasBarra Lateral e  Mobile, agora a plataforma disponibiliza anúncios para o Feed do Instagram, Stories do Instagram, Facebook Messenger e o mais novo de todos são os Anúnicios no Meio dos Vídeos, que estão discriminados como “Anúncios no Vídeo (Beta)”. Apenas algumas empresas estão sendo autorizadas a realizar este tipo de teste (Nós conseguimos este acesso, e à primeira vista, será um recurso muito utilizado pelas empresas e agências, pois é MUITO BOM!!!).

Com este inventário novo o Facebook pretende, além de aumentar a sua receita, levar novas experiências aos usuários, com maior conectividade entre as empresas e o feed de notícias de cada um.

Podemos ter uma referência desta preocupação do Facebook em ter uma boa experiência para o usuário quando olhamos os números. No relatório divulgado no 1º Trimestre de 2017, há uma queda muito expressiva nos números do faturamento da plataforma em relação ao último trimestre de 2016, que era 8,6 bilhões. Em 2017 esse número caiu para 7,8 bilhões, o que significa um recuo de 800 milhões - cá entre nós, uma queda bem expressiva, afinal, isto reflete em 10% do faturamento trimestral da terceira maior empresa do mundo.

Agora, mesmo com estas preocupações que o Facebook está tendo para que a “Bolha” não estoure, os anunciantes também precisam mudar suas práticas. Dessa forma o Facebook atingirá seu objetivo, que é manter todos satisfeitos (Empresas, Agências e Clientes). A forma mais eficaz de nos anteciparmos ao chamado “estouro da bolha digital” é já começarmos a experimentar os novos meios que o Facebook nos permite de anunciar.

Há opções mais complexas como o Facebook Mensseger e outras muito simples como o Feed do Instagram, basta você estudar um pouco sobre as regras e políticas da rede social que com certeza será bem-sucedido.

Caso você não saiba por onde começar, lembre-se, o Grupo Mais está aqui para auxiliar você e sua empresa.

Muitos dos anunciantes - agências e empresas - estão vendo os seus anúncios subirem de preço, seja por views, por envolvimento ou por clique. O que você deve notar é que se o valor de seus anúncios ultrapassa a marca de 25% acima do que você estava acostumado a pagar, isto significa que você já está com “um pé” dentro da bolha e acredite, se ela estourar com o seu público, ou seja, muitas empresas trabalhando com o mesmo público, pode ter certeza que quem pagará a conta será você, pois sempre vale lembrar que para você anunciar no Facebook, não há um valor mínimo, mas também não há um valor máximo (rs).

Muitas empresas e agências estão vendo algumas contas de anúncios ficarem “do nada” desativadas ou até mesmo serem fechadas sem a menor explicação, com o simples aviso: “Sua conta de anúncios foi sinalizada por violações de política. Os anúncios que você está veiculando foram desativados. Se você acredita se tratar de um engano, fale conosco.”.

Como resolver este problema que está atingindo a todos quase que diariamente e o que isto tem a ver com a bolha do Facebook?

É simples. O Facebook está fazendo valer cada ponto de sua política de privacidade e dos termos de uso; com isto, se você utilizar alguma informação inadequada para com o cliente, como por exemplo:

- Emagreça x kg

- Fique linda com x produto

- Você precisa fazer x ação para conseguir o resultado y

A publicidade no Facebook trabalha com uma linha muito tênue, ou seja, às vezes se você mudar uma simples palavra de um texto voltará a ficar dentro de todas as políticas, termos e normas do Facebook, e se você colocar determinadas informações adicionais ajuda muito na aprovação dos termos, mas sempre vale a pena ler tudo o que está disponível para fazer o anúncio perfeito. Este, porém, não é o foco deste artigo. Quem sabe na próxima; a única coisa que eu posso dizer é que se sua conta foi desativada ou fechada, a única forma que você tem de voltar a anunciar é criar uma nova conta, já que abrindo um chamado junto ao Facebook, eles vão levar aproximadamente 15 dias para responder e a probabilidade de não reativarem a sua conta é muito alta - já tivemos um total de 10 contas desativadas e apenas 2 eles aceitaram ativar novamente.

O importante é você saber que o Facebook está sim em cima de cada conta de anúncios e tentando eliminar todas as contas que eles consideram inapropriadas. Com isso, eles auxiliam na experiência do usuário, mostrando apenas anúncios os quais realmente seguem as diretrizes deles.

Aqui dentro do Grupo Mais, o grande segredo é que estamos utilizando novos meios de atingir o público de nossos clientes através das redes sociais, com novos meios de anúncios e também com outras formas de impactar. O resultado é a queda do custo - seja por envolvimento, seja por clique, por cadastro ou até mesmo por mil -, o resultado é muito claro.

Em alguns casos no mês de agosto, por exemplo, tivemos um recuo nos investimentos de alguns clientes que chegam a 50% no valor e um aumento no ROI (Return on Investment ou simplesmente Retorno sobre o Investimento) de mais de 200%. Elevando o número de conversões e diminuindo o investimento do cliente.

Aí você me pergunta: Celso, mas para a agência não é interessante que o cliente tenha um investimento alto?

Eu respondo a você: NÃO. O cliente deve ter um investimento e não GASTO, quando nós, a agência, sabemos uma forma de diminuir o investimento e não fazemos, em meu entendimento isto não se chama trabalho, mas  sim desvio de verba - entendedores entenderão.

Se você sente que a sua agência está “desviando verbas” da sua empresa ou que ela realmente não sabe como reduzir os custos e sempre fala que as possibilidades foram esgotadas e precisa de uma segunda opinião, contate-nos. Nossa equipe realizará uma avaliação sobre o seu caso sem nenhum compromisso.

Você deve ter uma coisa em mente: você paga a sua agência para resolver todos os problemas de sua empresa em relação à comunicação digital. Caso você não tenha este respaldo e está gastando um tempo precioso, que deveria estar sendo direcionado para administrar sua empresa, então com certeza significa que você deve olhar um pouco além e contatar-nos para uma avaliação sobre a sua situação.

Você quer saber como investir online e/ou onde investir? Então venha tomar um café com a nossa equipe e vamos planejar um objetivo para as suas campanhas, ajustando novos meios para diminuir a verba de investimento e também otimizar os resultados de suas campanhas.

Nosso telefone é: (19) 3778-9852 e o meu e-mail é celso@grupomais.com.

Me envie um e-mail ou venha nos conhecer, tenho certeza que você vai se surpreender com os benefícios e os resultados.

Não se esqueça, acima de todo trabalho existe a sua família, por isso não deixe de aproveitar os momentos com a sua família, um forte abraço a todos e até a próxima.

Celso Leandro Palma

http://fb.com/celsoleandroweb

https://www.linkedin.com/in/celsoleandro/

plus.Google.com/+CelsoLeandroPalma

https://twitter.com/celsoleandrop